Centro de Serviços Compartilhados – 2° edição

A Divisão CSC da THOMPSON participou do evento apresentando o W-TMH – que é a tecnologia workflow desenvolvida pela Thompson que permite que o CSC seja implementado rapidamente e com todas as funcionalidades necessárias para a sua máxima eficiência.

Com o conceito de “chamado”, todos os serviços que o CSC presta como fornecedor para seus clientes, que são as unidades, é armazenado em um MENU DE SERVIÇOS.

Com tecnologia de última geração chamada SAAS (Software as a Service) o W-TMH pode ser implementado imediatamente em uma empresa sem a necessidade de instalações ou compra de Hardware. Como toda a informação fica em NUVEM, a empresa contratante pode iniciar suas operações imediatamente.

O W-TMH possui várias funcionalidades:

a) Gestão à Vista das ANS: Televisores que são instalados no CSC onde são informados as ANS que não estão sendo atendidas por célula de trabalho e área;

b) Menu de Serviços Interativo: Pelo menu de serviços são disponibilizadas todas as informações necessárias para que o usuário identifique qual é o serviço que ele realmente precisa;

c) Acompanhamento de Chamados: O administrador do W-TMH, que normalmente é o profissional responsável pelo processo de INOVAÇÃO pode seguir qualquer chamado em qualquer momento e identificar problemas antes que a ANS esteja vencida;

d) Criação de FORMULÁRIOS: INOVAÇÃO pode criar formulários específicos para que o chamado tenha informações formatadas para que o processamento seja mais eficaz.

e) Controle de Documentos via GED: Todos os documentos que circulam no CSC podem ser rastreados por um sistema GED (Gerenciamento Eletrônico de Documentos).

f) Individualidade no Processamento: Na inclusão de qualquer chamado, INOVAÇÃO pode decidir se o chamado é para uma Área, para uma Célula ou para um indivíduo. Criando assim uma gama gigantesca de combinações de relações entre os clientes (normalmente as unidades) e o fornecedor (quem processará o chamado no CSC).

g) Interatividade com as Áreas Tutoras: Além do CSC, o W-TMH também interliga as áreas tutoras com toda a organização. O sistema parte da premissa que sempre existirá uma relação entre quem pede um serviço e quem executa esse serviço.

A consultoria apresenta o Caso Ambipar, onde o Centro de Serviço Compartilhados foi implementado em três meses (dezembro 2014 a março de 2015).

“O W-TMH é a ferramenta necessária para o sucesso da implantação do CSC” afirma Ronaldo Nuzzi, Diretor Presidente da THOMPSON Management Horizons do Brasil



Deixe uma resposta